Noticias

Itália - CG28: abertura oficial dos trabalhos em Turim-Valdocco.

ler mais

Itália - CG28: Início oficial dos trabalhos em Turim-Valdocco (02)

ler mais

Itália - CG28: "Somos aqui Igreja, ou melhor, assembleia de homens consagrados, reunidos em nome do Senhor", Reitor-Mor

ler mais

China – Balanço da situação acerca de ‘COVID-19’ na chamada ‘Grande China’


12 Fevereiro 2020 23:00 | Por admin
China – Balanço da situação acerca de ‘COVID-19’ na chamada ‘Grande China’

(ANS – Hong Kong) – Depois do apelo à oração que o Cardeal Dom Charles Maung Bo SDB, Presidente da Federação das Conferências dos Bispos Asiáticos, lançou em nome de todas as vítimas do coronavírus e dos agentes e trabalhadores da saúde envolvidos na emergência, a Secretaria de Comunicação Social da Inspetoria Salesiana Maria Auxiliadora, com sede em Hong Kong, faz um balanço da atual situação na assim chamada ‘Grande China’ – termo com que se entendem tradicionalmente os territórios administrados pela República Popular da China, inclusive Hong Kong e Macau – e nos territórios administrados por Taiwan.

O início da doença foi sinalizado pela primeira vez no final de dezembro de 2019, quando o pessoal médico em Wuhan, Capital da província de Hubei, China continental, notou sintomas incomuns de pneumonia viral. As autoridades confirmaram que a transmissão de pessoa a pessoa estava realmente se concretizando em 20 de janeiro e que a medida de fechar a cidade foi imposta no dia 23 de janeiro, quando o vírus já começara a se propagar pela província de Hubei e por outros lugares da China.

O primeiro caso confirmado em Hong Kong foi notado em 23 de janeiro. Sucessivamente, registraram-se em Hong Kong, quase todos os dias novos casos de pessoas contagiadas. Os dados atualizados ontem, 12 de fevereiro, referem:

  • em Hong Kong, 49 casos confirmados e uma morte;
  • em Macau, 10 casos confirmados, embora não haja mais casos confirmados por 9 dias consecutivos;
  • em Taiwan, 18 casos confirmados;
  • na China continental, 44.653 casos confirmados: destes 33.366 na província de Hubei, com 1.113 mortes (1.068 na mesma província). Assinale-se entretanto que 4.740 pacientes conseguiram se recuperar.

Diante de tal situação, em Hong Kong e Macau, desde o início de fevereiro, ambas as Dioceses adotaram algumas medidas pastorais urgentes a fim de reduzir ao mínimo as reuniões de pessoas: como alternativa à participação na Eucaristia Dominical, aos fiéis foi dada a possibilidade de assistir a Santa Missa via web, fazer a tradicional ‘comunhão espiritual’; e praticar a meditação de textos litúrgicos dominicais, a leitura da Bíblia ou a récita do santo Terço.

As igrejas de Macau ficarão fechadas até o dia 19 de fevereiro; já em Hong Kong as Santas Missas continuam normalmente, invariáveis. Mas, os fiéis que participam são obrigados a usar pequena máscara (quase todos os cânticos foram suspensos). Apesar disso, no último domingo, na paróquia de Santo Antônio, uma das duas paróquias salesianas de Hong Kong, estavam presentes 60% dos participantes regulares na Santa Missa.

Como COVID-19 (a doença gerada pelo coronavírus) persiste em curso, continuemos a rezar a Deus, implorando a intercessão de Nossa Senhora de Lourdes, tal como nos convidou a fazer o nosso Cardeal Dom Charles Maung Bo.

P. Pedro Leong SDB,

Delegado Inspetorial de Comunicação Social